SINDICATO  DOS  GUARDAS  CIVIS  METROPOLITANOS  DE  SÃO  PAULO
Seja bem vindo(a) - Hoje é quinta-feira, 14 de dezembro de 2017
Últimas Notícias
Governo - 15/09/2017 00:00:00

MESA SETORIAL DE NEGOCIAÇÃO - RESUMO DA REUNIÃO DE 13/09

A Diretoria do Sindguardas-SP se reuniu, na tarde do dia 13/09, com os representantes do governo, sendo o Sr. Marcel Felice pela Secretaria de Gestão, o Srs. Fernando Lorencini e Severino Sobreira pela Secretaria Municipal de Segurança Urbana. Também participaram da reunião os responsáveis pelas entidades consignatárias do SINP: Abraguardas, Sindsep e Abig.

O tema da reunião foi a Pauta de Reivindicações do Sindguardas-SP protocolada em Março deste ano, que dentre outros itens, busca a reposição salarial e de condições de trabalho da categoria Guarda Civil Metropolitana. Entre os tópicos da pauta, os discutidos foram:

REPOSIÇÃO SALARIAL - REAJUSTE NO PADRÃO DE VENCIMENTOS E NO RETP

O Sindguardas-SP apresentou o cálculo de defasagem salarial da categoria e também um estudo comparativo com as Guardas Municipais da Grande São Paulo, que indica que a Guarda Civil Metropolitana está entre os mais baixos salários pagos aos trabalhadores, fato que não deveria refletir na maior Cidade do Brasil. Cabe registrar que a SMSU, nas palavras do Chefe de Gabinete Fernando Lorencini, também foi firme em sua posição de necessidade de reajuste salarial aos policiais da GCM.

O governo não sinalizou com nenhuma reposição salarial para este ano. Comprometeu-se a trazer na próxima reunião de mesa setorial um estudo orçamentário do atual exercício e abriu às entidades consignatárias do SINP a possibilidade de participar da construção do orçamento para o próximo ano.

Em que pese seja decepcionante esperar até o nono mês de gestão do Governo Doria para que ele anunciasse oficialmente que não haverá reajuste, a possibilidade aberta de participação na construção do orçamento do ano seguinte nos traz uma boa expectativa de alcançar resultados satisfatórios para a categoria.

REAJUSTE NO AUXÍLIO REFEIÇÃO E VALE-ALIMENTAÇÃO

Está fechado o acordo com o governo para o reajuste do Auxílio Refeição em 10% e do Vale Alimentação em 12%. O governo está preparando um Projeto de Lei, que será encaminhado à Câmara Municipal nos próximos dias, constando estes reajustes. O auxílio refeição será reajustado retroativo à Julho e o Vale Alimentação será reajustado retroativo à Maio deste ano.

CRONOGRAMA DE CONTRATAÇÃO DE NOVOS GCM'S

O governo reafirmou o compromisso de convocar mais 300 candidatos aprovados no concurso de 2013 ainda esse ano, no mês de Dezembro e convocar todos os demais aprovados no mês de Março de 2018, fechando este concurso.

A próxima reunião da Mesa Setorial de Negociação está agendada para a segunda quinzena de outubro e na ocasião o Sindguardas-SP trará à categoria o andamento das negociações.

Imagens: Sindguardas-SP




      

 
SINDGUARDAS-SP TRABALHANDO PARA VOCÊ!


Fonte: SINDGUARDAS-SP
Comentários
  • 17/10/2017
    andre luis fernandes soares
    Sobre o vale alimentação pergunta do Paulo Cesar vocês não respondem ?
    Vergonha isso, de Classe Distinta para Subinspetor não existe aumento pois o vale alimentação é tirado, não nos alimentamos mais!
  • 18/09/2017
    marcos jose carvalho
    Sobre a novela da aposentadoria, nada foi decidido. lamentável.
  • 15/09/2017
    Renato
    Porque não foi citado nesa reunião um parecer sobre o projeto de lei aprovado na câmara de piso mínimo de R $2600,00.
    • comentado em 26/09/2017 | por Ailton

      Esse projeto passou apenas na primeira votação, restando mais uma na câmara, para posterior veto ou sanção do prefeito. Trata de um abono suplementar e não piso mínimo, ao que pese, se aprovado, nenhum gcm ganhará menos que este limite de R$ 2.600,00, não se trata de um aumento efetivo no padrão. Vale lembrar que a única que votou contra foi a vereadora Sônia Francini, aquela que uns meses atras reclamou em rede social que o salário dela de mais de R$ 15.000 acaba na primeira semana...

  • 15/09/2017
    Paulo Cesar D Nascimento
    Sobre a reinveindicação do pagamento do vale alimentação para todos os servidores da GCM, não foi discutido? Lembro que muitos comentaram sobre essa situação, e o Sindicato se propôs a levar essa situação, e nada foi dito? Triste e lamentável!!!!

Contador de Visitas

1754822
Visitantes online
Pesquise no site